Ministério da Saúde
Sociedade

MINSA despede-se do representante cessante da OMS em Angola


Durante o seu discurso, a Titular agradeceu o desempenho do antigo representante em Angola da organização internacional reitora da saúde mundial, afirmando que sempre contou com o apoio da referida organização em alguns dos momentos mais críticos face à situação epidemiológica.



Por outro lado, a ministra garantiu ainda que tudo tem feito para o cumprimento das directrizes emanadas pela Organização Mundial da Saúde, sobretudo nos seus três principais eixos de actuação da organização em Angola.



“Tive tanto prazer em trabalhar em Angola”, disse Hernado Agudelo, fazendo uso da palavra, agradecendo a todos pela hospitalidade, ao mesmo tempo que, em gesto de recomendações, o ex- representante da OMS apelou à necessidade da “deshospitalizacão” , visando conferir maior qualidade dos serviços nos Hospitais de Referência no país, a medida que se trabalha no reforço dos cuidados primários de saúde. 



Estiveram presentes ao acto altos funcionários do MINSA e de organizações internacionais que trabalham com a Saúde em Angola. Recorde-se, Hernado Agudelo irá desempenhar igual função em Cabo Verde.



FONTE: GCII/MINSA