Ministério da Saúde
Saúde

Feira do Cancro marca arranque das celebrações do “Outubro Rosa”

A iniciativa da Direcção Nacional de Saúde Publica (DNSP) por via do seu Programa de Prevenção e Controlo do Cancro, com a duração de dois dias, tem agendado uma série de actividades paralelas que culminará com o acto central a 30 de Outubro corrente, na Escola Técnica Nacional de Saúde.

Para além da feira, várias palestras e distribuição de materiais de informação serão desenvolvidas até ao encerramento das comemorações da efeméride.

O evento que tem como finalidade a promoção da consciencialização da população sobre a doença, visa proporcionar acesso à detecção precoce, diagnóstico e tratamento oncológico multidisciplinar, a fim de reduzir a mortalidade causada por esta doença.

Outubro Rosa é uma celebração mundial, que resulta de uma recomendação da Organização Mundial da Saúde (OMS), para os países implementarem políticas de prevenção sobre o cancro da mama considerando a magnitude dos seus efeitos negativos nas sociedades.

Angola, de acordo com os dados disponíveis da OMS, regista cerca de 1327 casos ano. Deste número de casos, segundo dados do Instituto Angolano de Controlo do Câncer (IACC), revela o cancro da mama como sendo a neoplasia mais frequente naquela Unidade sanitária em ambos sexos;

Considerada a neoplasia maligna que mais afecta a mulher em todo mundo, segundo a OMS, são diagnosticados em todo mundo cerca de 1.600.000 novos casos, representando cerca de 25 por cento de todas neoplasias femininas.

Ainda segundo a mesma estatística, estima-se que o cancro da mama causa a morte de aproximadamente 508 000 mulheres.

A data de celebração anual, Outubro Rosa começou nos Estados Unidos da América em 1997, após um movimento interno de consciencialização sobre a doença e foi ganhando corpo pelo mundo.