Ministério da Saúde
Saúde

País prepara relatório oficial sobre tabagismo

Angola tem realizado campanhas de sensibilização contra o tabagismo com resultados animadores em lares de infância, escolas e locais públicos, incluindo unidades de saúde, com maior ênfase durante as jornadas mundiais, informou nesta terça-feira, 20, em Luanda, o ministro da Saúde, Luís Gomes Sambo.

A informação foi feita durante uma reunião técnica de preparação de relatórios oficiais sobre a implementação da Convenção-Quadro da Organização Mundial da Saúde (OMS) para o controlo do tabaco.

Segundo o governante, o tabagismo ainda representa um sério problema de saúde pública em Angola, tendo em conta a sua baixa prevalência, também é certo que se deve traduzir esta constatação em dados fiáveis, criando mecanismos que permitam pesquisar suas reais tendências e monitorar as consequências do seu consumo.

De acordo com o responsável, o país está empenhado na reforma do sistema nacional de saúde para torná-lo melhor, mais eficaz e equitativo, com uma rede alargada de cuidados essenciais e funcionais, como requisito fundamental para a implementação dos programas e projectos prioritários.

Angop